Castanha (2014)

STILL06(LO)_João_Show

CASTANHA – Brasil, 95 minutos, HD, 2014.

Com João Carlos Castanha e Celina Castanha
Roteiro e Direção: Davi Pretto
Produção – Paola Wink
Direção de Fotografia – Glauco Firpo
Direção de Arte – Richard Tavares
Edição – Bruno Carboni
Desenho de Som – Tiago Bello
Som Direto – Marcos Lopes
Trilha Sonora Original – Diego Poloni e Tiago Abrahão

Uma produção de TOKYO FILMES
Em coprodução com CANAL BRASIL
Em associação com Casa de Cinema de Porto Alegre, Sandro Fiorin e Gogó Conteúdo Sonoro.
Financiamento de FUMPROARTE 2012.
International sales & Festivals – Figa Films / www.figafilms.com

Principais exibições:

64º Berlinale – Berlin International Film Festival – Forum.  (World Premiere)
38º Hong Kong International Film Festival – Young Cinema Competition. 
Art of the Real – Film Society Lincoln Center.
16º BAFICI – Competencia Internacional. (Prêmio FEISAL – Menção Especial)
CPH:PIX – Front Runners 2014.
21º CineLatino Film Festival Tübingen – Competencia.
• Berlinale Forum Selection at Goethe Institut – Brussels 2014. 
• 14º Las Palmas Film Festival – Sección Oficial.  (Prêmio de Melhor Ator)
• 68º Edinburgh International Film Festival – Documentary Competition.
• DocMontevideo – Documentary Week, 2014.

• 6º Paulínia Film Festival – Competição.  (Prêmio de Melhor Som)
• 1º Farol – Festival Internacional de Cinema de Fortaleza.
• 18º Queer Lisboa – Competição de Documentário.  

• 36º Festival do Rio – Première Brasil Novos Rumos.   (Prêmio de Melhor Filme)
2º Diálogo de Cinema. (Filme de Abertura)
• 9° BrasilCine – Brazilian Film Festival in Scandinavia. (Filme de Encerramento)
• 38° Mostra Internacional de Cinema de São Paulo – Mostra Brasil.
• 10° Panorama Internacional Coisa de Cinema – Competitiva Nacional.
• 36° Starz Denver Film Festival.
• 4° Festival Internacional Cine Las Orquídeas, Cuenca – Competencia Opera Prima.
• 36° Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano de Havana – Competencia Documental.

 

Críticas:

” É, contudo, pelo aspecto sensível, pelo resultado, que percebe-se uma singularidade – e uma tônica contínua – nessa obra” Pablo Gonçalho, Revista Cinética, Brasil.
Castanha intrigues and absorbs on a scene-by-scene basis” Neil Young, Hollywood Reporter, Estados Unidos.
“Pretto does a terrific job of seamlessly integrating fiction and non-fiction.” Steven Erickson, Fandor, Estados Unidos.
“De lo mejor que nos ha regalado últimamente el nuevo cine brasileño.”  Diego Batlle, Otros Cines, Argentina.
“De maneira muito intensa, surfa entre os gêneros. (…) nos tira o chão a todo instante, nos repropõe uma interpretação diversa da realidade.” Luiz Zanin, Estadão, Brasil.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s